terça-feira, 31 de outubro de 2017

Noite de Halloween


Noite de Halloween 

By maravilhoso João Pinetree!

E agora? E agora tenho a dizer-vos que a minha rua é bela de dia e de noite. E que este vampiro é um doce. E agora, João?

segunda-feira, 30 de outubro de 2017

Serra da Aboboreira - Barca

Medronheiro - Barca - Serra da Aboboreira - Amarante
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

Serra da Aboboreira - Barca

Um pequeno contributo para o restabelecimento de uma vegetação autóctone mais resiliente aos incêndios, neste caso um maravilhoso medronheiro... seguido de uns ocultos mas maravilhosos carvalhos.
Este medronheiro aguenta ano após ano bebendo somente água da chuva... quando há chuva.

domingo, 29 de outubro de 2017

Serra da Aboboreira - Barca

Barca - Serra da Aboboreira - Amarante
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

Serra da Aboboreira - Barca

O meu pequeno contributo para o asseio da Serra.
Xô incêndios!

Nota 1 - Maneta e impossibilitada de usar a minha mão direita desde o dia 7 de Julho, não subo à serra para meter as mãos na terra desde essa nefasta data. Hoje subi-a... mas apenas para a olhar... uma dor de alma para quem gosta de se misturar com ela.
Nota 2 - Se bem que o asseio que eu lhe imponho até se aguentou bastante bem...

sexta-feira, 27 de outubro de 2017

quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Greve - Esclarecimentos do SPN


Greve - Esclarecimentos do SPN


Greve de amanhã, dia 27 de outubro – Informação aos Educadores e Professores


Car@ sóci@ do SPN,

Tendo chegado ao nosso conhecimento dois comunicados do SPZN, questionando as razões da greve de amanhã e desmobilizando os professores e educadores para a mesma, comunicados estes replicados com o mesmo intuito por alguns diretores, a Direção do SPN entende prestar os seguintes esclarecimentos.

- O que preside à adesão a uma greve é a concordância do trabalhador com as razões que levaram à sua convocação e não o facto de o trabalhador ser sindicalizado ou não sindicalizado;

- Legalmente, apenas é necessária a existência de um pré-aviso de greve de uma organização sindical representativa do setor, o que sucede no caso, uma vez que a FENPROF fez um pré-aviso de greve, permitindo assim que qualquer docente do ensino público, do Continente ou das regiões autónomas, possa aderir à greve;

- As razões da convergência da FENPROF com toda a Administração Pública para a greve de 27 de outubro são, entre outras, exigências como o descongelamento efetivo das carreiras em janeiro de 2018, o aumento real dos salários e a recuperação do poder de compra, mas também concursos justos e melhores condições de trabalho, o regresso da gestão democrática às escolas, a criação de um regime específico de aposentação, a integração de toda a atividade com alunos na componente letiva, o fim do processo de municipalização ... e a recuperação dos anos de congelamento e a contagem integral do tempo de serviço, como se constata no Pré-Aviso de greve entregue ao ME e a outros serviços;

- A discriminação dos educadores e dos professores relativamente aos outros funcionários públicos, designadamente na não contagem do tempo de serviço congelado, não retira razões de adesão à greve; pelo contrário, acresce.

Os professores do Norte podem contar com o SPN, com ações concretas e não com proclamações vãs, não só amanhã, mas logo no sábado, na concentração de professores do EPC reclamando um contrato coletivo que os dignifique, na greve ao trabalho com alunos inscrito na componente não letiva de estabelecimento, de 6 de novembro a 15 de dezembro e em todas as ações que a FENPROF venha desenvolver até à votação final global do Orçamento do Estado.

Concluímos, assumindo que a união faz-se somando, não subtraindo.

A Direção do SPN

Greve - 27 de Outubro


Greve - 27 de Outubro

De alma e coração farei todas as greves que puder - de um dia, de uma semana, mesmo por tempo indeterminado se preciso for até que as reivindicações - mais do que justas! - dos professores sejam respeitadas.
Tanto quanto depender de mim, não me apagarão/roubarão 10 anos de serviço!

Professores e educadores juntam-se à greve da Administração Pública

No momento em que o Governo e a Assembleia da República debatem o Orçamento do Estado para 2018, os professores e educadores juntam-se à Administração Pública na greve de dia 27 de outubro, indignados com a insuficiência da proposta do Governo e a discriminação no descongelamento das carreiras e a ausência de respostas em relação a aposentação, horários de trabalho e concursos.
Os professores e educadores rejeitam claramente a intenção declarada do Governo de apagar da carreira dos professores os 9 anos e 4 meses de congelamento, mais os anos de penalização por aplicação de regimes transitórios entre estruturas de carreira. Os professores não aceitarão essa penalização, como não aceitam a discriminação em relação às carreiras em que o tempo de serviço se converte em pontos.
Dirigentes sindicais, em todas as regiões do país, acompanharão o envolvimento dos trabalhadores nesta greve.
Locais:
Grande Lisboa:
08:00 horas – Escola Secundária António Gedeão, Almada, com a presença de Mário Nogueira, Secretário-Geral da FENPROF, e José Alberto Marques, Presidente do SPGL
Norte:
9:00 horas – Escola Básica do Cedro (Rua Rui de Pina, V. N. Gaia) com a presença de Manuela Mendonça, Coordenadora do SPN
Região Centro:
8:30 horas – EB 2/3 Rainha Santa Isabel (Eiras), em Coimbra, com a presença de Anabela Sotaia e João Louceiro, da Coordenação do SPRC
8:30 horas – EB 2/3 Infante D. Henrique (Repeses), em Viseu, com a presença de Francisco Almeida, Coordenador Distrital de Viseu do SPRC
Zona Sul:
10:30 horas – Escola André de Resende, em Évora, com a presença de Manuel Nobre, Presidente do SPZS; e
10.30 horas – EB 2/3 Neves Júnior, em Faro, com a presença de Ana Simões, Vice-Presidente do SPZS
Região Autónoma da Madeira:
11:00 horas – em frente à Secretaria Regional de Educação (Avenida Arriaga, Funchal), com a presença de Francisco Oliveira, Presidente do SPM 

Pelas 11:30 horas, o Secretário-Geral da FENPROF fará uma primeira apreciação da greve, com declarações à Comunicação Social, na EB 2/3 Marquesa de Alorna (junto à Mesquita de Lisboa). Ao final do dia, será feito o balanço final da greve.

O Secretariado Nacional

quarta-feira, 25 de outubro de 2017

Aniversário

Fotografia de Artur Matias de Magalhães

Aniversário

Hoje, esta miúda está de parabéns.
Feliz aniversário, Joana Magalhães! Que a vida te seja leve leve.

segunda-feira, 23 de outubro de 2017

Do Horror - Também Sou Somali


Do Horror - Também Sou Somali

Porque convém não esquecer que o maior número de vítimas desta gente (?), que mata em nome de uma religião, está incluída na categoria "os outros".
Só neste atentado morreram mais de 350 pessoas... e as redes, senhores? E as comoções nas redes?

Somália declara "estado de guerra" depois de atentado que causou 358 mortos

A Palavra ao Juiz Talibã? Neto de Moura


A Palavra ao Juiz Talibã? Neto de Moura

Confesso que tive dificuldade em aceitar como verdadeiro o facto de um juiz desembargador, português, no ano de 2017, ter sido o relator deste acordão de texto tão retrógrado, tão calhorda e tão nojento, assinado pela sua pessoa e ainda por Maria Luísa Arantes, e que legitima a violência sobre as mulheres adúlteras.

"Este caso está longe de ter a gravidade com que, geralmente, se apresentam os casos de maus tratos  no quadro da violência doméstica.
Por outro lado, a conduta do arguido ocorreu num contexto de adultério praticado pela assistente.
Ora, o adultério da mulher é um gravíssimo atentado à honra e dignidade do homem.
Sociedades existem em que a mulher adúltera é alvo de lapidação até à morte.
Na Bíblia, podemos ler que a mulher adúltera deve ser punida com a morte."

11.10.2017
Neto de Moura
Maria Luísa Arantes

Confesso, estou estupefacta e a pensar... e não se pode puni-lo?

Em 2008 escrevi neste blogue:
Hoje deixo um alerta para um problema gravíssimo que as nossas sociedades contemporâneas não conseguiram ainda resolver e não conseguiram ainda erradicar do seu seio, apesar de toda a sofisticação alcançada, apesar de todo o progresso económico e cultural conseguido, até hoje, pela humanidade no seu conjunto. Hoje deixo um alerta para um problema gravíssimo que atravessa, sem distinção, gente de diferentes credos e religiões, de diferentes culturas, de diferentes etnias e nacionalidades, de diferentes filiações partidárias, de diferentes classes sociais e económicas, de diferentes faixas etárias. Esse problema chama-se Violência Doméstica.
O problema existe, é real, e é mais chocante quando acontece em sociedades que se querem/dizem compreensivas e tolerantes, quando acontece em sociedades ditas civilizadas e democráticas, quando acontece em sociedades que se dizem longe da barbárie. Só que a barbárie não é só apanágio dos analfabetos, dos pouco instruídos, dos pobres e miseráveis. A barbárie está dentro de nós. Basta olhar para dentro de portas, para aquilo que deveria ser sempre um porto de abrigo e que se transforma, quantas vezes, num "dormir com o inimigo".
Nunca é demais frisar que a mudança, de mentalidades e de práticas, está nas nossas mãos.

domingo, 22 de outubro de 2017

Amarante - Bienal Ibérica de Património Cultural


Amarante - Bienal Ibérica de Património Cultural

Encostada às boxes, não assisti a nada desta importante Bienal Ibérica de Património Cultural ocorrida aqui nesta minha cidade de Amarante. Mas chegaram-me ecos, todos muito bons, dos trabalhos que por aqui se desenvolveram e mostraram, entre os quais esta beleza de vídeo mapping projectada na fachada da igreja de S. Gonçalo e que nos relembra um património regional, medieval, intimamente ligado à fundação da nossa nacionalidade, e que hoje se encontra agregado e protegido pela Rota do Românico.
Nunca, por aqui, se tinha visto coisa igual! Obrigada a todos quantos estiveram envolvidos na feitura de um vídeo mapping tão belo!

sexta-feira, 20 de outubro de 2017

Antero de Alda

S.Gonçalo - Amarante
Fotografia de Antero de Alda

Antero de Alda

Bom tê-lo de volta!

http://anterodealda.com/blog/blog_diario_intimo_XXXVI.htm

Uma Pessoa de Fé na Política

Imagens recolhidas na NET

Uma Pessoa de Fé na Política

O problema da fé variável como tábua de salvação de um país... sempre que dá muito jeito... é, no mínimo, insólito?!
E é por estas e por outras que, por aqui, se é cada dia mais descrente relativamente a políticos que dizem e falam, abrindo e fechando a boca e mexendo a língua e tudo, o contrário do que fazem.
Já não há paciência.

Moção de censura chega depois de Cristas cortar mais de 20 milhões na defesa da floresta

O nome das coisas: o Decreto-Lei nº 96/2013 é a "Lei do Eucalipto Livre"

quarta-feira, 18 de outubro de 2017

Marcelo Rebelo de Sousa


Marcelo Rebelo de Sousa

Disse o que tinha que dizer perante a gravidade do momento.
E, entre outras coisa, falou de "humildade cívica". E disse: "É a melhor, se não a única forma de verdadeiramente pedir desculpa às vítimas de Junho e de Outubro - e de facto é justificável que se peça desculpa."
Ontem, o Presidente de Todos os Portugueses galgou montanhas e subiu na minha consideração.
E disse ainda:
"Abrir um novo ciclo obrigará o Governo a ponderar o quê, quem, quando e como melhor serve este ciclo."
Eu vou mais longe e temo que, perante a teimosia "infantil" do primeiro-ministro ao não encarar de frente a catástrofe catastrófica que, no espaço de poucos meses, assolou o país, António Costa já não tenha condições de liderar um governo que deve estar à altura da gravidade do momento.
Dito isto só me resta acrescentar o asco que sinto ao escutar políticos com responsabilidades concretas no estado a que chegamos a comportarem-se como virgens ofendidas pensando, por certo, que o povo português é acéfalo.

terça-feira, 17 de outubro de 2017

Constituição Portuguesa


Constituição Portuguesa

As culpas do não cumprimento dos deveres do Estado Português relativamente à segurança das populações devem envergonhar todos os políticos sem excepção, da esquerda à direita passando também pelo centro, que, de há décadas a esta parte, não souberam, não quiseram, não puderam (?) tomar as medidas necessárias para que as pessoas mais vulneráveis, porque mais idosas e a viverem num mundo rural que mete dó em termos de despovoamento, não vivessem agora dias de perfeito horror, literalmente abandonadas, literalmente ao deus dará e a um salve-se quem puder que só nos pode deixar a todos profundamente estupefactos e profundamente envergonhados.
E, se isto é um facto, também é um facto que cabe aos actuais governantes, porque os acontecimentos horrendos aconteceram agora e não no tempo da outra senhora, endereçar, no mínimo! um sentido pedido de desculpas a todos os portugueses, especialmente a quem perdeu os seus familiares, a quem neste momento está internado com ferimentos mais ou menos graves, alguns entre a vida e a morte, a quem perdeu o trabalho de uma vida, a quem está a perder um país que se veste de negro e parece, em alguns casos, um país bombardeado.
Assegurar a segurança das populações é um dos deveres fundamentais do Estado. Quando isto falha... o que nos resta?

ARTIGO 9.º
(Tarefas fundamentais do Estado)

São tarefas fundamentais do Estado:
(...)
d) Promover o bem-estar e a qualidade de vida do povo e a igualdade real entre os portugueses, bem como a efetivação dos direitos económicos, sociais, culturais e ambientais, mediante a transformação e modernização das estruturas económicas e sociais;
e) Proteger e valorizar o património cultural do povo português, defender a natureza e o ambiente, preservar os recursos naturais e assegurar um correto ordenamento do território;
(...)
g) Promover o desenvolvimento harmonioso de todo o território nacional, tendo em conta, designadamente, o caráter ultraperiférico dos arquipélagos dos Açores e da Madeira;
(...)

Vítimas de Pedrogão Grande pedem desculpa aos familiares dos mortos e feridos de domingo



segunda-feira, 16 de outubro de 2017

Do Horror Indizível

Hoje - Irrespirável - S. Gonçalo - Amarante
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

Do Horror Indizível

Estes voltam a ser, mais uma vez, dias trágicos para o país. Perante as informações e as imagens que nos chegam em catadupa, a cada minuto que passa mais dramáticas, apresento as minhas condolências às muitas famílias que perderam os seus ente queridos e que contabilizam feridos e desaparecidos entre os seus. E remeto-me ao silêncio, por agora.
Porque estou farta das cacofonias circenses perante a aflição de tantos milhares de portugueses. E porque este país vai ter de, colectivamente, mais tarde ou mais cedo, agarrar este monstro pelos cornos. Será bom que o agarre o mais cedo possível... sendo que ontem já era tarde.

domingo, 15 de outubro de 2017

Mensagem para os Meus Alunos

Eu e os Meus Limites - S. Gonçalo - Amarante
Fotografia de Susana Dias Manipulada Por Mim

Mensagem para os Meus Alunos

Meus queridos alunos,

não há como rodear esta questão: a partir de amanhã, e não sei por quanto tempo, entrarei de baixa. A melhorar da mão quando paro de trabalhar e a piorar quando entro ao serviço terei mesmo de tentar controlar esta tenossinovite, assanhada como o raio que a parta, consequência de uma operação a uma tenossinovite realizada no dia 13 de Julho. Como sabeis, desde aí, foi o que se viu... e vocês já me viram atrapalhada dentro da sala de aula... apesar dos meus disfarces.
E é que não há que saber, esta vossa prof também tem os seus limites e anda a esticar demasiado a sua corda em termos de saúde.
Não sei se vos vai custar ficar sem mim por uns tempos... o que sei é que me vai custar imenso ficar sem vocês já que fazeis parte integrante dos meus dias.
Quase por último... espero que me substituam o mais rapidamente possível e espero que a minha recuperação seja célere... até para me ver livre das dores!
De resto, se precisarem de mim, sabeis onde me encontrar... agora transformada em canhota... sim?
Fiquem bem. Fiquem muito bem. E até já! (quase)

Jóia de Luz - Aniversário

Jóia de Luz - S. Gonçalo - Amarante
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães

Jóia de Luz - Aniversário

Tornou-se uma pessoa muito especial na minha vida desde o dia em que nasceu, há exactamente quatro anos, e desde aí percorre esta minha rua para cima e para baixo fazendo parte dela e de mim.
Muitos parabéns, Jóia de Luz! Que a vida te corra sempre de feição.

sexta-feira, 13 de outubro de 2017

Novas do Projecto "Ver para Querer" - Novas da School Canteen - Agradecimentos

Cantina da E. B. 2/3 se Amarante - S. Gonçalo - Amarante
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

Novas do Projecto "Ver para Querer" - Novas da School Canteen - Agradecimentos

No próximo dia 16 de Outubro comemora-se o "Dia Mundial da Alimentação" e a minha escola vive, por estes dias, a azáfama costumeira da preparação de um dia deveras especial para esta comunidade educativa e que, este ano, será comemorado de forma ainda mais cuidada, e até mais espectacular, graças ao projecto em curso que tem a alimentação da miudagem, que se quer saudável, como principal alvo a trabalhar.
Como os meus leitores estarão por certo recordados, o projecto "Ver para Querer", em curso na E. B. 2/3 de Amarante desde o ano lectivo transacto, resultou de um pedido de ajuda nosso à Ordem dos Nutricionistas, pedido este desde logo abraçado por esta Ordem nas pessoas que a compõem, especialmente na pessoa da senhora professora doutora Alexandra Bento, a senhora bastonária desta Ordem.
É, assim, com imenso orgulho por todos os passos já dados até aqui... e já foram muitos dados e por muitas e diferentes pessoas, que partilho estas fotografias, tiradas hoje mesmo, logo após a recepção dos novos tabuleiros, das novas tigelas para sopa, dos novos copos e das novas jarras de água que serão usados, a partir da próxima segunda-feira, na nossa School Canteen e que, por certo, serão do agrado de toda a comunidade educativa que frequenta aquele espaço e estou a falar de alunos, professores e assistentes operacionais. E isto porque está provado que os nossos olhos também comem... e o espaço onde fazemos as nossas refeições deverá ser o mais possível acolhedor, simpático, agradável... cool.

É claro que este post não estaria completo sem um enorme, mas mesmo mesmo enorme e sentido agradecimento, à Fundação Manuel António da Mota que acreditou desde a primeira hora neste projecto ligado à educação e à saúde da população que integra esta nossa comunidade educativa e que nos patrocinou a aquisição destes materiais que a partir do próximo dia 16 estarão em uso na nossa cada vez mais bela School Canteen.

De resto, prometemos continuar a trabalhar com afinco durante todo este ano lectivo que já está em curso e asseguro-vos que toda a equipa continua super motivada e preparada para dar os passos necessários para fazer alterar tudo o que está menos bem na E. B. 2/3 de Amarante em termos de oferta e hábitos alimentares dos nossos alunos. E prometemos criatividade. Com a certeza que só não conseguiríamos alterar o que está mal se não tentássemos e se não metêssemos as mãos na massa e os pés ao caminho.

Dislexia. Família. Orgulho


Dislexia. Família. Orgulho

São mãe e filha e são ambas disléxicas. Também são família e são um dos nossos orgulhos pelo trabalho que desenvolvem no alerta, que não deixam nunca de fazer, para este problema tantas vezes não diagnosticado ou tardiamente diagnosticado e que se manifesta em diferentes graus de dificuldades de aprendizagem.
Atenção famílias, atenção comunidades educativas, quanto mais precocemente se fizer o diagnóstico, melhor para todos, especialmente para quem sofrer de dislexia.

Obrigada, querida Mafalda! Obrigada, querida Constança! E obrigada a todos quantos estão envolvidos de alguma maneira nesta luta!
Pode acompanhar a entrevista a estas lutadoras clicando aqui.
E ainda pode ver e escutar a Mafalda Justino na TVI clicando aqui.
 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.