quarta-feira, 25 de junho de 2014

Relatório de Auto-Avaliação Docente - Partilha

Auto-Retrato - S. Gonçalo - Amarante
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães
 
Relatório de Auto-Avaliação Docente - Partilha

Partilho o meu relatório de auto-avaliação de desempenho de 2013, que deu cumprimento à mísera ADD em vigor, aquela que nos levará a lado nenhum.
Sei lá, pode ser que seja útil a alguém... e se não for, ignorem!
Quanto à minha auto-avaliação deste ano... garanto-vos que perderei 5 minutos com ela.

1. Prática letiva - 1 de setembro de 2012 a 31 de agosto de 2013
No ano letivo de 2012/2013 foram-me atribuídos 22 tempos na componente letiva, preenchidos por 3 turmas de 8º ano, B, C e D, a que lecionei História, e 2 turmas de CEF, de 2º ano, 2A e 2B, a que lecionei CIDMAC; 13 tempos de componente não letiva, distribuídos por Trabalho de Escola - Clube de História, TEP, Direção de Curso CEF, D T – e Trabalho Individual. Usufruí da redução de 2 tempos letivos ao abrigo do artigo 79. O número total de alunos abrangidos pela minha ação direta foi de 91.
Cumprimento do serviço lectivo - o meu objetivo é lecionar a totalidade das aulas previstas o que foi alcançado nas turmas de CEF mas não nas turmas do 8º ano pois não consegui repor a totalidade das aulas a que faltei por motivo de doença; as aulas a que faltei, ao serviço da Escola, acompanhando alunos em visitas de estudo, foram repostas. Fui sempre pontual e zelei pela pontualidade e assiduidade dos alunos quer enquanto professora quer enquanto Diretora de Turma de um CEF. Cumpri todos os conteúdos programáticos que constam nas planificações das diferentes disciplinas e cumpri as visitas de estudo que constam do Projeto História em Movimento, transpostas para as atividades do grupo de História do 3º Ciclo, planificadas para as turmas de 8º ano; participei em duas visitas de estudo especialmente dirigidas aos alunos de CEF das turmas 2A e 2B.
Mantenho-me informada, participativa e crítica face às políticas educativas, procuro novas estratégias e partilho-as. Construí e reformulei recursos pedagógicos, em PPT, e partilhei-os nas minhas páginas web. Procuro a inovação pedagógica, promovo ambientes de trabalho seguros, confortáveis, exigentes e estimulantes, que se refletem numa maior adesão e gosto pelas disciplinas que leciono por parte dos meus alunos. A minha responsabilidade profissional visa o sucesso e a qualidade das aprendizagens e o desenvolvimento integral de todos e valorizo os diferentes saberes e culturas dos alunos.
Para alcançar este elevado patamar de desempenho utilizei: quadro negro, manual, réplicas de peças significativas e materiais autênticos, enciclopédias, dicionários, manuais de diferentes editoras, leitor de DVD, Internet, apresentações em PPT, etc.
Participei de forma empenhada e responsável no trabalho pedagógico e na vida da Escola. Realizei, colaborativamente, a planificação anual, trimestral e por unidade temática de História; planifiquei individualmente a planificação modular para CMA, com pleno conhecimento e respeito científico-pedagógico-didático; participei na elaboração dos PCT, nos trabalhos que decorreram em reuniões diversas, reformulei as apresentações em PPT para o 8º ano; inventariei páginas web e vídeos pertinentes para apoio às matérias lecionadas que disponibilizei num blogue da minha autoria chamado “História 3º Ciclo”. Utilizei as minhas apresentações em PPT nas aulas de 90 minutos. As aulas de 45 minutos foram totalmente práticas, reservadas a exercícios, testes e suas correções. Promovi a realização de trabalhos de grupo em contexto de sala de aula. Monitorizei exaustivamente a evolução dos portefólios dos alunos. Cumpri e executei a avaliação diagnóstica, formativa e sumativa prevista. Todo o meu trabalho visou desenvolver, para além das competências previstas nas metas de aprendizagem, o gosto pelas disciplinas, a pesquisa, hábitos, método e rigor no trabalho, o espírito de observação, atitudes de solidariedade e de sociabilidade, a sensibilidade estética, a sensibilização para a importância da defesa do património, para a importância das TIC, para o abrir de novos horizontes. Promovi estratégias pedagógicas diferenciadas que tiveram como público-alvo os alunos mais fracos e os melhores num processo responsável e solidário de enriquecimento mútuo, a que chamo Tutoria de Pares, com resultados práticos apreciáveis de melhoria; promovi a articulação com LP através da monitorização do Portefólio e realizei atividades de enriquecimento através do projeto História em Movimento, nomeadamente uma aula sobre o Barroco, lecionada na Igreja de S. Domingos, Museu de Arte Sacra e Igreja de S. Gonçalo em interdisciplinaridade com a disciplina de Educação Musical e uma Reconstituição do Percurso das Invasões Francesas em Amarante, em articulação com o Museu Amadeo de Souza-Cardoso. Colaborei com a Rádio Ativa e o Jornal Escolar “O Abelhudo” e trabalhei em estreita ligação com a Direção, nomeadamente no que diz respeito aos meus alunos da minha DT.
O meu entendimento da prática letiva leva-me a defender, e a praticar, a inteira partilha de todos os materiais pedagógicos por mim construídos não podendo eu ser responsabilizada pela sua não consulta ou até pelo seu desconhecimento por parte dos meus pares.
Mantive uma atividade constante no meu blogue pessoal “Anabela Magalhães”, eleito como o terceiro melhor blogue nas categorias Educação e Atualidade Política, no único concurso de blogues existente em Portugal, promovido pelo Aventar; ainda no âmbito deste concurso, o meu blogue “História 3º Ciclo” foi eleito o melhor blog de Portugal, na categoria História.
A minha relação pedagógica com os alunos é de grande proximidade, quer pelas minhas características pessoais, quer pelo facto de disponibilizar todos os meus contactos de correio electrónico, redes sociais e blogs mantendo-me completamente disponível para o esclarecimento de quaisquer dúvidas via “chat” do facebook onde mantenho um espaço de esclarecimento imediata de dúvidas aos alunos. A relação pedagógica e humana que estabeleço com os meus alunos é excelente, baseada no respeito mútuo, educação, respeito, empenho, interesse, atenção, autoridade positiva, cumprimento de regras, profissionalismo, seriedade e honestidade no trabalho que executo de forma transparente e muito participado pelos alunos, potenciada pela interatividade, pelo conforto e mais-valia conseguidos pela utilização das TIC em contexto de sala de aula visando o seu desenvolvimento integral e harmonioso. Incorporo os contributos dos alunos, solicitados através de pequenos inquéritos e de texto livre no sentido de obter um feedback necessário para melhorar a minha atividade letiva. Comunico com rigor, sem descurar a promoção da criação de um ambiente de aprendizagem baseado no respeito mútuo e interação constante, em que o aluno é ator e participa na aquisição e apropriação do conhecimento. Como estímulo ao gosto pelo conhecimento, ao apuramento do sentido crítico e à capacidade de argumentação desenvolvi estratégias diversificadas ao promover e organizar debates e visitas de estudo, potenciadores da aquisição de valores, promotores de uma cidadania responsável, da aceitação do outro e da diferença, cumprido assim o Plano de Ação do PE, nomeadamente o ponto 5.
Mantenho como pontos fortes uma enorme capacidade de trabalho, inteira disponibilidade para o mesmo, uma experiência profissional diversificada – a lecionação desde o 2º Ciclo ao Secundário, passando pelo Ensino Profissional, CEF, Ensino Noturno e Educação de Adultos potenciaram a agilidade e destreza para a atividade letiva e contribuíram para a fácil e boa relação que estabeleço com as pessoas - a enorme capacidade de iniciativa, adaptação e disponibilidade para aceitar e incorporar a evolução e a mudança, o elevado sentido ético e profissional, o gosto e defesa intransigentes da partilha de recursos próprios, a facilidade em conceber, planificar e operacionalizar projetos que sejam uma mais-valia para a comunidade educativa, o domínio e o gosto pela incorporação das TIC nas minhas práticas letivas, a capacidade reflexiva e crítica sobre a minha prática pedagógica tentando construir outros caminhos, a prática do trabalho colaborativo, nem sempre possível devido a constrangimentos vários que urge superar.
2. Atividades promovidas
Continuei a dinamizar e a partilhar o projeto “História em Movimento”, orientado para a melhoria de qualidade da Escola que englobou o clube homónimo, o centro de recursos, as páginas Web” História em Movimento”, as páginas de recursos pedagógicos de História e de CIDMAC, o blog “História em Movimento” para partilha de experiências em texto e/ou fotografia das várias actividades e continuei a dinamizar o blog História 3º Ciclo que constitui um manual on-line ao dispor dos alunos e onde, para além das aulas lecionadas, partilho documentários que previamente seleciono na internet e links que considero pertinentes e enriquecedores para complementar as aprendizagens dos alunos. Promovi e organizei duas aulas/visitas de estudo, a saber: “O Barroco – Visita à Igreja de S. Domingos e Museu de Arte Sacra” e “Reconstituição do Percurso das Invasões Francesas em Amarante. Acompanhei os alunos dos CEF em duas visitas de estudo: Festival Internacional do Chocolate de Óbidos e Visita aos Ovos Moles de Aveiro e Pastéis de Tentúgal.
3. Análise dos resultados obtidos
Dei a conhecer os critérios de avaliação de História, a que se seguiu a avaliação diagnóstica. Monitorizei as aprendizagens, tendo em conta as metas a alcançar, utilizando instrumentos de registo da minha autoria ou por mim adaptados – testes diagnóstico, fichas de observação de aulas para monitorização da participação oral de cada aluno, aula a aula - as interacções verbais foram estimuladas com questões colocadas a partir da exploração das apresentações em PPT - fichas de monitorização de portefólios, exercícios formativos e de monitorização de observação de documentários, testes de avaliação, ficha de auto-avaliação, grelha de avaliação compreendendo o domínio cognitivo e de atitudes e valores. Efetuei um estudo comparativo que incidiu sobre os resultados obtidos pelos meus alunos no 1º período do 7º e 8ºs anos e em que verifiquei uma melhoria de7,52%, tal como consta em anexo da ata de departamento de dia 10 de Janeiro de 2013. Será realizado um balanço final, logo que o ano lectivo esteja encerrado em termos de reuniões de avaliação. Os momentos de auto e hetero-avaliação foram realizados com total transparência e decorreram de forma participada pelos alunos visando a sua responsabilização e incentivando a reflexão sobre os seus desempenhos, identificando erros como primeira etapa para a sua correção.
4. Contributo individual para os objetivos e metas do Agrupamento
Conheço o PE e transpus os seus objetivos para a minha prática letiva, a saber: Objectivos do PE: 5.4.1 – Melhorar as condições físicas e materiais – cumprido com a construção de materiais pedagógicos para uso em contexto de sala de aula e o enriquecimento do Centro de Recursos da Sala de História do 3º Ciclo; 5.4.2 – Melhorar as condições de ensino/aprendizagem – cumprido através das páginas de recursos pedagógicos da minha autoria, da manutenção do Centro de Recursos, do projecto “História em Movimento”, dos blogues História em Movimento e História 3º Ciclo; 5.4.3 – Melhorar a capacidade do aluno assumir atitudes e comportamentos contextualmente adequados – cumprido através do Projecto “História em Movimento”, através da colaboração dos alunos na realização do blogue “História em Movimento” e através do acompanhamento de alunos em visitas de estudo que promovi e que acompanhei. 5.4.4 – Melhorar as relações com o meio – cumprido através das parcerias com as instituições locais – Museu Amadeo de Souza-Cardoso e Museu de Arte Sacra de Amarante / Paróquia de S. Gonçalo - e através das páginas web e blogues; 5.4.5 – Melhorar a forma organizacional da escola – cumprido através da criação de documentos da minha autoria – grelha Excel operacionalizando os critérios de avaliação, grelha de monitorização de portefólios, grelha de observação de aulas, apresentação em PPT para a receção aos EE disponibilizada à CDT.
Exerci o cargo de DT com dedicação total a alunos e restante corpo docente, partilhando informações, promovendo o diálogo entre os pares, participando em todas as reuniões. Apoiei e colaborei com os encarregados de educação informando-os sobre o aproveitamento e integração na vida escolar dos educandos. Exerci plenamente a minha função enquanto membro do meu Departamento, lançando temas a discussão, como sejam a avaliação dos alunos e a operacionalização dos critérios de avaliação adotados na EB 2/3 de Amarante.
5. Formação realizada e o seu contributo para a melhoria da ação educativa
 

8 comentários:

Unknown disse...

Obrigada colega. Sempre ajuda a mastigar a pastilha!

Anónimo disse...

Obrigada colega.

Paula Alves disse...

Obrigado colega. Boa partilha.

Anabela Magalhães disse...

Espero poder ser útil! E sim, esta é uma pastilha que, bem o sabemos, não serve para nada... rsssssss...

Anónimo disse...

Fica para a posteridade, quando a memória falhar, o que não será difícil nesta profissão!..

Anabela Magalhães disse...

Também digo! Ficará então para a posteridade... ;)

Anónimo disse...

Muito obrigado pela partilha. Realmente há cá coisas......andamos nós a lembrar aos alunos que devemos poupar na utilização do papel para o bem do planeta e estes senhores só pretendem mais lixo....

Anabela Magalhães disse...

Fico contente por achar que ainda tem alguma utilidade!

 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.