quinta-feira, 18 de fevereiro de 2016

O Rei D. Carlos Visita Amarante

Rei D. Carlos - Rua Teixeira de Vasconcelos - Casa 111
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

O Rei D. Carlos Visita Amarante

A fotografia que hoje partilho é, tanto quanto sei, rara. Foi tirada da rua para a casa brasonada que, à época, era pertença da família Teixeira de Vasconcelos e a que se acede hoje em dia pela actual porta 111 da rua entretanto baptizada com o nome desta importante família amarantina que deu origem a um Joaquim Pereira Teixeira de Vasconcelos, vulgarmente conhecido por Teixeira de Pascoaes, para o meu pai, o saudoso Dr. Joaquim.
A fotografia em causa não está, tanto quanto sei, datada, e será uma reprodução de um original que se conservará na Casa de Pascoaes. Fotografei-a um dia destes, através do vidro que a protege, já que esta fotografia tem a particularidade de nos comprovar a presença do nosso rei D. Carlos em terras amarantinas. Não estando datada, é quase certo que será de inícios do século XX já que as senhoras visíveis na varanda, pelo que consegui apurar da família Teixeira de Vasconcelos, estão ataviadas segundo a moda de uma Belle Époque que, tendo o seu início por finais do século XIX, haveria de terminar com a eclosão da 1.ª Guerra Mundial, em 1914.
Tanto quanto consegui apurar, o rei D. Carlos, amante de caçadas, iria à caça para a região de Vidago e terá pernoitado aqui mesmo em Amarante, não nesta casa, mas na casa onde eu estudaria anos mais tarde, pertença da família Melo, no Ribeirinho, onde actualmente funciona a Casa da Juventude de Amarante.
E por agora é tudo. Se alguém souber mais alguma coisa sobre esta história, faça o favor de se chegar à frente, que é como quem diz, acrescente ou corrija para que esta história fique o mais completa possível.

Nota 1 - Onde hoje está a porta 113, que dá unicamente acesso ao jardim, esteve, em tempos, uma construção, bem visível nesta fotografia.
Nota 2 - Agradeço ao meu caríssimo vizinho Jorge Teixeira a partilha deste documento histórico que testemunha a passagem por Amarante deste malogrado rei, penúltimo de uma longa linhagem, que acabaria assassinado no dia 1 de Fevereiro de 1908, na Praça do Comércio, em Lisboa.

2 comentários:

RMacedo NoVember disse...

Belíssimas fotos, obrigado pela partilha.

Anabela Magalhães disse...

Obrigada! ;)

 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.