quarta-feira, 29 de março de 2017

O Projeto "Ver para Querer" a Dar Frutos

O Projeto Ver para Querer a Dar Frutos - 2/3 de Amarante
Fotografias de Anabela Matias de Magalhães

O Projeto "Ver para Querer" a Dar Frutos

O dia de hoje foi reservado, assim como o de ontem, o de amanhã e ainda o de depois de amanhã, a acções de sensibilização sobre o desperdício alimentar e sobre a necessidade imperiosa de o restringirmos ao mínimo possível. E estas acções de sensibilização dirigem-se a todos os alunos, de todas as turmas, da nossa escola e abrangem, por isso, mais de seiscentos alunos.
Na E. B. 2/3 de Amarante, mais concretamente na cantina que passará depois da interrupção lectiva da Páscoa a restaurante, chamado School Canteen, fazemos progressos já visíveis a olho nu.
Hoje serviram-nos um peixe - salmão -  maravilhoso, servido amiúde aos miúdos que connosco fazem a sua refeição diária.
Hoje era, por isso, um dia difícil... mas, a verdade é que o almoço de hoje reservou-nos já algumas surpresas. Alguns alunos que afirmavam não gostar de peixe experimentaram... e... e... e não é que gostaram?!
Por ali, perto da mesa onde eu fazia a minha refeição, os alunos iam-me dizendo orgulhosos "Professora, comi tudo!"... "Professora, afinal até gosto de salmão"... Professora, eu dizia que não gostava mas nunca tinha experimentado!".
Confesso que foi bonito de se ver e tive a oportunidade de fotografar pratos vazios de miúdas e miúdos que fizeram as suas refeições pertinho de mim e que ficaram orgulhosos por não contribuírem para o dramático desperdício alimentar que se pratica por esse mundo fora.
Por outro lado, o pessoal que todos os dias confecciona as refeições dentro daquelas quatro paredes - não, as nossas refeições não nos chegam confeccionadas de uma fábrica!- estava estupefacto. É que pela primeira vez alguns alunos solicitaram mais peixe!
E esta?

Nota - De todos os pratos fotografados apenas o primeiro é o meu.

2 comentários:

j. Costa disse...

Parabéns pela iniciativa de passar uma imagem bem diferente daquela que é passada cá para fora por pessoas negativas..já não tenho filhos na escola maesmo assim felecito a iniciativa .

Anabela Magalhães disse...

Muito obrigada, J. Costa!
Há vários mitos urbanos ligados à comida desta cantina - um deles, por certo o mais grave, é que a comida lá servida é uma porcaria.
Vou lá almoçar frequentemente e nunca me serviram porcarias, pelo contrário, tenho sempre à minha disposição uma refeição equilibrada de carne ou de peixe, acompanhada de sopa, saladas e frutas variadas. Asseguro-lhe que não tinha qualquer problema em levar lá a almoçar o meu pequeno neto de 3 anos.
Quanto às pessoas negativas... elas existem... e nós temos de lidar com elas, desmontando-lhes o discurso.
E é isto!

 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.