terça-feira, 20 de dezembro de 2011

Dia Abaixo de Cão

Peregrino Exausto a Caminho de Santiago - Espanha
Fotografia de Anabela Matias de Magalhães

Dia Abaixo de Cão

Foi mais um, apenas mais um entre tantos outros na vida de uma qualquer zeca que se preze de o ser.
Entrei na escolinha pelas 8:15 da manhã e saí pelas 20 horas da noite já mais do que negra, já mais do que cerrada, tendo apenas intervalado meia hora para o almoço engolido, mais 10 minutitos para un chá quente e um pão aquecido com um cheiro leve de manteiga a derreter.
Para dia de trabalho não está mal, foram apenas cerca de onze horas de trabalho non stop a demonstrar que sou uma pessoa resistente. Doente, mas resistente, não vá o país falir à custa de um atestado médico que eu já devia ter metido, e não meto, cumprindo as minhas obrigações até ao fim.
Hoje ainda me sobra trabalho noite adentro e amanhã terei um dia duro na escolinha. A boa notícia é que parece, parece!, disse-o bem!, que tenho em ordem a papeleta da minha Direcção de Turma!
Yuuuupi! Ufa! Ufa! Que canseira, meus deuses!... que hoje até passou por enjoos a meio da manhã e não, não estou grávida... só se foi da overdose da porra das natas, da sericaia e do bolo rei escangalhado... e do porto... ah! da aletria à noite! Vai-se a ver... e foi da aletria de ontem! A indecorosa!
Poderá ter sido?!

2 comentários:

Luís Costa disse...

E não parece que as coisa mostrem jeito de mudar! Deixa lá, pois logo logo vais para as Seychelles!

Anabela Magalhães disse...

Eheheh... isso eu queria, garanto-te! E queria seguir o conselho do nosso fabuloso primeiro - Ficar por lá a gozar aquele Índico quente e aquele sol que já me está a fazer falta... que dia horrível esteve hoje por aqui, Luís!
Beijinhos

 
Creative Commons License This Creative Commons Works 2.5 Portugal License.